Marmeleiro

 

 

Marmeleiro

Nomes populares: marmeleiro – da – Europa, marmelo, pereira-do Japão

Nome científico: Cydonia oblonga miller

Família: Rosaceae

História:

O marmeleiro é originário da Ásia menor e Sudeste da Europa e muito cultivado desde a antiguidade. É utilizado no preparo de doces e compotas. As sementes servem como antidiarreico. Do marmeleiro extrai-se a vara de marmelo, instrumento de punição muito usado no passado e ainda em uso em algumas localidades. Em Portugal não muito consumido cru, mas cozido, para fazer marmelada. Também se consome assado. No Brasil é consumido de forma industrializada. Os frutos são importados do Uruguai e Argentina. O porte do marmeleiro mede 3 a 6 metros de altura. Requer menos horas de frio do que a macieira e a pereira , por isso no Brasil , pode ser cultivada desde o Rio Grande do Sul até Minas Gerais.

Aplicações:

Febres, cólicas e ureia. Juntar 3 g de folhas a 1l de água , ferver 30 segundos e deixar 10 minutos de infusão. Tomar 3 a 4 chávenas por dia. Cura cicatrizações de feridas de todos os tipos, em compressas e lavagens. Para anginas, 35 g de folhas para 1 l de água, ferver 30 segundos, deixar 10 minutos de infusão, adoçar com mel e dar gargarejos. Para hemorróidas, ferver uma mão cheia de folhas e dar lavagens e vaporizações ao ânus, sentado num bacio. O mesmo tratamento para frieiras as flores com a mesma dose e preparação, são peitorais e antiespasmódicas. Na culinária, o fruto do marmeleiro é apreciado em sobremesas. É um bom tónico e reconstituinte de crianças debilitadas, idosos, convalescentes, doenças peitorais etc. Ainda o fruto cortado em pedaços fervido em boa água  , fornece uma tisana tónica e adstringente para estômagos fracos ,digestões lentas vómitos diarreias etc. As sementes, depois de moída e trituradas, misturadas com azeite cru  ou óleo de amêndoas-doce , faz-se uma pomada para a gretara dos peitos das senhoras, queimaduras , rugas da cara , cieiro, aftas e hemorróidas. O marmelo não deve ser tomado por pessoas que sofrem de obstipação.

Partes Utilizadas:

Folhas , flores e frutos

Propriedades medicinais:

Adstringente, nutriente, anti-hemorragia, anti-espasmos, anti inflamatória, antiálgica, cicatrizante, emoliente, depurativa, anti-emético

Referência:

SALGUERIO, José  – Ervas,Usos e Saberes : Plantas Medicinais no Alentejo e outros  Produtos Naturais. 1ªedição,Lisboa:Marca,2004.

Retirado de:

http://www.cantoverde.org/150plantas/organizacao.htm

http://pt.wikipedia.org/wiki/Marmeleiro

http://pt.wikipedia.org/wiki/Marmelo

3 comentários

  1. Volneci said,

    Domingo, Novembro 28, 2010 às 15:48

    Tenho em minha casa um pé de marmelo; já fiz ótimas marmeladas!!!

  2. Sérgio said,

    Domingo, Maio 6, 2012 às 08:03

    qual a população e o habitat do marmeleiro?


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: