Bardana

Bardana

Nomes populares: baldrana, bardana-maior,carrapicho-de-carneiro, carrapicho-grande, erva-dos-paga-massos, erva-dos-tinhosos, gobô, labaca,lapa, orelha-de-gigante, pega-nossa, pegamasso, pegamoço, pejamaço, artii lapae (Latim),burdock(Inglês), bardana( Espanha), bardane(Françês),bardana maggiore, lapp  bardana  e lappola (Italiano); groBe Klette (Alemão)

Nome científico: Arctium minus bernh (Arctium lappa L.)

Família: Asteraceae

História:

Esta planta é orginária da Eurásia e difundida na América.Na antiguidade a bardana era muito famosa pelos gregos a usarem como medicamento: As folhas eram amassadas e aplicada em cataplasmas para curar inúmeras doenças de pele. Na Idade Média também se destinava à cura. No Brasil e  Sudeste e Sul é usada para fins culinários , devido à influência dos imigrantes japoneses.

Aplicações: A raíz deste planta cura sarampos, sífilis, depuração do sangue, reumatismo, gota,vesícula,eczema,úlceras do estômago, diabetes, doenças de figado e gases intestinais

Partes utilizadas: Raíz, folhas, sementes e flores secas

Propriedades medicinais: adstrigente, antiescorbútica, antiinflamatória, antimicrobiana, antineoplástica, anti-saborréico, anti-séptica, bactericida, bronquite, calmante, cicatrizante,colagoga, hipoglicemiante,lenitivo, sudorífera, tônica

Referência: 

SALGUERIO, José  – Ervas,Usos e Saberes : Plantas Medicinais no Alentejo e outros  Produtos Naturais. 1ªedição,Lisboa:Marca,2004.

Retirado de :

http://www.plantamed.com.br/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Bardana

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: