Nogueira

 

 

 

Nogueira

Nomes populares:  nogueira- do –ceilão, nogueira – da – índia , noz, noz -caucasiana , noz –comum , noz- europeia, nogueira – de – iguape, nogueira – do –litoral ,  nogueira (Brasil), nogueira (Portugal),nogal, nuez europea, nuez común, nuez de castilla , nogal  (Espanha), noix, noyer , (Frances), walnut , persian walnut , european walnut arkhrot (Inglês), noce (Italiano), echte walnuss (Alemão)

Nome cientifico:  Juglans regia L.

Família:  juglandáceas

História:

A nogueira é originária do sudeste da Europa e da Ásia ocidental e central, desde a Grécia até aos Himalaias. No Brasil acredita-se que a nogueira seja originária de um único tronco e que se tenha estabelecido no actual Estado do Rio de Janeiro e na região conhecida como Brás , no bairro de São Paulo. Outras fontes afirmam que é originária da Pérsia ( Irão), que mais tarde  se difundiu por quase todo o mundo. Em Portugal existe em abundância de Norte a Sul. É tão antiga que remonta aos mais antigos tempos das civilizações. Nos Primeiros Tempos, os frutos e nozes da Nogueira eram um dos principais alimentos desses povos, por serem muito nutritivos. Contêm glúcidos, sais minerais, zinco, cobre, caroteanos, 50% a 70% de óleo, sacarose etc.

Aplicações:

As cascas dos frutos servem para combater parasitas intestinais. É recomendável para quem sofre de esgotamento, astenia ou transtorno do sistema nervoso. As folhas serve para usada combater a queda do cabelo e para fortalece o cabelo, fazendo-se um cozimento e lavando-se a cabeça com essa água. As folhas servem para tratar diarreia, escrofulose, tuberculose, raquitismo, diabetes, doenças do fígado etc. Tudo isto em chá: 60 a 70g de folhas para 1l de água. Tomar em jejum, ao deitar e a meio da tarde, um copo de cada vez. Para uso externo: para corrimentos vaginais, queda de cabelo, fístulas, doenças da pele, sífilis, hemorroidal, anginas (em gargarejos) e frieiras. Tudo isto em água quente aos locais doentes e abafar. A casca das nozes, quando ainda está verde, é tónica, depurativa e contra a escrofulose, em chá, da mesma forma que as folhas. A casca dos ramos novos é laxativa e combate os nervos intestinais, devendo-se tomar em chá , sobretudo em jejum. O pó dos ramos novos é eficaz nas verrugas e calos, misturado com azeite cru e ligaduras por cima. Os frutos (as nozes) que , como sabe, são bastante alimentícios, podendo até substituir a carne em determinadas ocasiões. Certas Pessoas, principalmente as que têm doenças de estômago, intestinos, fígado e bexiga, não devem abusar delas. Para pessoas que tenham queda para a subida de tensão devem comer com moderação.

Partes Utilizadas:

Folhas e frutos

Propriedades medicinais:

Adelgaçadora, adstringente, afrodisíaca, amanciante/clareador do cabelo,  anti-séptica, antiespasmo, anti-inflamatório, antiirritante, antimicrobiana, antiperspirante , calmante dos nervos  cicatrizante, corante, depurativa, espasmolítica, hemostática, queratolítica, rubefaciante tónica, vermífuga, hipoglicemiante

 Referência

SALGUERIO, José  – Ervas, Usos e Saberes : Plantas Medicinais no Alentejo e outros  Produtos Naturais. 1ªedição,Lisboa:Marca,2004.

Retirado de:

http://www.cantoverde.org/150plantas/organizacao.htm

http://www.plantamed.com.br/

http://www.tudosobreplantas.net/283-nogueira-juglans-regia/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Nogueira

About these ads

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: